Wednesday, December 09, 2009

Dançantes da inconstância







A ânsia é uma dança
Na andança
Da inconstância
Da vida
E em momento de abundância
É de se convidar para dança
Até os que aparentam
Não nos ser de intimidade
Mas que para originalidade
da essência desta protuberância
De dúvidas e cores
Há plena
Significância
De sermos todos dançantes
De amores

Agora lhes permito dizer:
- Vim e amei-vos.



Ádila Ágatha de Carvalho ( sereia na dança ¹ - dezembro 2009)

6 comments:

Rafael Rosa said...

"E em momento de abundância"
"É de se convidar para dança"
"Até os que aparentam"
"Não nos ser de intimidade"
Dancemos!

Permitame: Você escreve maravilhosamente bem!

=)

Thiago said...

é rodopiar sem sair do lugar.
uma ciranda solitária,
fadada a ser só,
enquanto outro ritmo não surge.

eu não consigo parar de dançar!

arouca said...
This comment has been removed by the author.
arouca said...

menina muito te procurei por nenhum lugar, desde de q chegou minha saudade cresceu tanto q partiu ...
feito filho nordestino q completa dezoito anos...

mas assim q me recuperar serei assiduo na tua arte, e me quero vê-la nela...
muso.

Daniela Filipini said...

Lindo e intenso!

Daniela Filipini said...

Muito bonito!