Monday, July 13, 2009

Na pupila dilatada do verde




Nas veias da folha.
Nas córneas da seiva.
Nas cores da fauna.
No aflorar do chão.

No pulmão do musgo.
Na raiz da percepção.
Na vasta presença da pureza.
Como pequenas almas que adentram o pulmão.

Esse reinado de apenas rainhas e reis...
Reispirar...
Respirar...

Na pupila dilatada do verde
Na retina dos sentidos
Na íris da vida...


Ádila Ágatha de Carvalho

No comments: